verdade

Como viver a própria integridade

Recentemente, uma pessoa me perguntou, porque a maioria das pessoas não consegue viver em sua integridade, quando isto é muito mais fácil e prazeroso.

Minha resposta foi que a maioria das pessoas não sabe quem são verdadeiramente. E acho que isto é de fato o que acontece. As pessoas se afastaram de quem são, para se adaptar às demandas do mundo, adotando o que Jung chamou de ‘persona’. E ficaram tão acostumadas com a máscara, que nem se lembram de quem são em essência. Desconfiam, às vezes, mas não se sentem motivadas o suficiente, para arcar com os riscos de ser quem são.

Para além da Dualidade

O cosmos é uma totalidade composta de infinitos elementos distintos, intrinsecamente conectados entre si, formando um campo unificado de energia. Como a grande teia da vida, é desta realidade primordial indivisível que emergem todas as coisas, dela se nutrem e a ela retornam, no eterno ciclo do nascer, morrer e renascer.

Sua verdadeira natureza é sem atributos, indefinível, mas onipresente; um continuum eterno de realidade cósmica extremamente sutil, além de qualquer dualidade, ela mesma a origem de todas as polaridades.

Poder expresso com amor e verdade

Os tempos atuais demandam uma nova atitude em todas as nossas relações. E para desenvolver e sustentar esta nova atitude, precisamos ampliar a consciência que temos de nós mesmos, seja na relação conosco, na relação com os outros e na relação com o planeta.

Alteridade vs Integridade

Quantas vezes você já teve uma sensação de estranheza em relação a si mesmo? Você fez ou disse algo, que nem parece você? Quem é este Outro/Outra que se manifesta como você? Como explicar ou entender isto?

Subscrever RSS - verdade

Compartilhe este conteúdo